terça-feira, 15 de agosto de 2017

Post it para relembrar, e partilhar....



Imagem retirada da net
Têm que existir medidas para serem tomadas perante mais um Verão aterrador (como temos o hábito de esquecer o que já passou, digo que este verão é pior do que o do ano passado), mas independentemente de ser ou não o pior, no que toca a incêndios, não se pode continuar a permitir que estes flagelos assolem todos os anos o país. Escrevo este post, para daqui a uns meses eu mesma me lembrar e voltar a partilhar, naquela altura em que já ninguém se lembrar das imagens de terror, sofrimento, angústia, impotência e cansaço que passam o dia todo pelos canais de notícias. 
Já toda a gente percebeu que existem anormais espalhados por todo o país,  por isso as florestas, os terrenos têm de ser limpos e acima de tudo têm que haver pessoas a vigiar!
E nem sequer quero pensar quando se fala em interesses políticos no meio disto tudo.... prefiro ter uma visão um pouco mais "bela" (se é que se pode chamar assim), da situação!

domingo, 23 de julho de 2017

Domingo à noite...

Domingo à noite, come-se gelado e bebe-se água das pedras para acalmar e encher-me de energia para mais uma semana, daquelas de me tirar o fôlego....

Não sei se será assim, mas é o que eu acho...

Não sei se sou eu que estou a pensar mal, mas quando nos telejornais anunciam que há não sei quantos distritos que estão sob aviso amarelo, com risco máximo de incêndio, não sei se não deveriam era estar caladinhos, para não darem ideias aos incendiários. É que, para mim, parece que lhes estão a dar as coordenadas exatas para onde devem ir atear fogo.
Mas pronto, é só a minha opinião e conta o que conta! Só sei é que todos os verões é a mesma treta e fico desolada com o que vejo na tv, e tomo as dores dos que sofrem e perdem tudo! :(

domingo, 9 de julho de 2017

E assim se anda neste país...

Neste país uns roubam armas outros demitem-se por usufruirem de viagens sem pagarem um tostão! E enquanto isso ando a trabalhar a mil à hora, cansada e sem muito tempo para vir aqui 😯 mas lá tive agora um bocadinho para pôr as leituras em dia!
Boa semana para vós😗😙

domingo, 18 de junho de 2017

Chocada!

Tenho andado ausente por motivos de trabalho... trabalho que nesta altura do ano absorve-me até ao tutano, mas hoje precisei de vir aqui...
Preciso de tentar exprimir-me, através de palavras, o que mal consigo verbalizar. Estou chocada com este incêndio de Pedrógão Grande, não tenho mesmo memória de coisa tão fustigante, tão triste, tão trágica, a que ninguém consegue ficar indiferente.
Hoje já chorei, já me senti impotente e com um nó na garganta.
Um autêntico teatro de guerra, uma coisa que achamos sempre que acontece só aos outros, só nos outros países, mas  aconteceu cá!
Desta vez, pela culpa da Natureza, outras vezes nem tanto, mas choca-me o desespero das pessoas e a forma horrível em como morreram. Fico a imaginar o medo e a dor que sentiram antes de partirem! e
Tenho uma grande amiga que mora próximo, mas graças a Deus o longe o suficiente para permanecer a salvo.
Isto parece um filme e quem me dera que fosse, mas infelizmente é a realidade.
Estou triste, sinto dor, pela dor dos outros!
Que Deus reconforte os que perderam tudo e que receba da melhor forma os que partiram...

sábado, 3 de junho de 2017

Sentimentos, boas amizades...

Alimento a saudade daquelas pessoas que me fazem falta no meu dia a dia com pequenas memórias que invadem o meu pensamento, com pequenos gestos, com alguns convivios, mesmo que sejam curtos e não cheguem o suficiente para colmatar a falta que me fazem!
Mas há pequenos miminhos que trocamos que nos alegram o coração, e que nos dão força e nos lembram que há amizades que não se esquecem, de modo algum!
Há amizades, daquelas  mesmo verdadeiras, que nos fazem tanta falta como o ato de respirar e eu sou uma sortuda por as ter!
Embora longe acabamos por estar sempre perto!
Embora já tenha conquistado tanto, sinto sempre que algo em mim ficou perdido, algures, no momento em que todas tivemos que nos distanciar geograficamente!

quarta-feira, 31 de maio de 2017